Receba Nossa Newsletter
de Conteúdos

Buscar

Realidade virtual: saiba as vantagens desta tecnologia para o mercado imobiliário

As ferramentas de realidade virtual estão surgindo agora como uma ferramenta eficaz de comunicação e marketing para o setor imobiliário.

Compartilhe este Post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

As ferramentas de realidade virtual estão surgindo agora como uma ferramenta eficaz de comunicação e marketing para o setor imobiliário. Cada vez mais capital é colocado em tecnologia de realidade virtual e realidade aumentada, pois a tecnologia tem potencial para um impacto significativo no negócio imobiliário. 

Os tours virtuais e as tecnologias de teste virtual têm a capacidade de beneficiar compradores e desenvolvedores em potencial de imóveis variados. Por esse motivo, os agentes imobiliários que procuram ficar à frente devem considerar a implementação de uma experiência de realidade virtual para qualquer tipo de produto, de casas e terrenos a algum escritório ou mesmo um apartamento para comprar em São Paulo.

Como a realidade virtual está sendo usada no setor imobiliário 

A realidade virtual (RV) implica uma experiência de imersão completa que exclui o resto do mundo físico. Um exemplo de tecnologia de realidade virtual são os fones de ouvido VR. Ao usar um fone de ouvido, os usuários bloqueiam a experiência do mundo exterior. A RV permite que compradores ou locatários em potencial façam um tour virtual pela propriedade, economizando tempo e despesas de viagem para os compradores. 

A tecnologia VR também permite a encenação virtual. Em outras palavras, por meio da tecnologia de realidade virtual, os corretores imobiliários podem mostrar aos compradores em potencial um espaço totalmente mobiliado, apesar do espaço estar vazio na vida real. A realidade aumentada (AR) adiciona elementos digitais a um dispositivo, como um smartphone ou iPad. 

Impacto para o mercado de imóveis

A tecnologia AR está mudando o mercado imobiliário porque permite que os compradores em potencial experimentem um espaço, mesmo que esse espaço ainda não tenha sido construído. Para as imobiliárias, os tours virtuais permitem que os corretores imobiliários comercializem os imóveis com muito pouco investimento. A realidade virtual permite que as empresas imobiliárias comercializem o projeto concluído antes da conclusão da construção também. 

A tecnologia permite que os agentes mostrem o interior e o exterior de propriedades que ainda não foram construídas e também permite que os compradores experimentem um espaço no conforto de sua casa. A principal vantagem da tecnologia de realidade virtual no setor de imóveis é que ele economiza tempo tanto para o comprador quanto para o vendedor. 

Além disso, a tecnologia VR é muito conveniente para o usuário final. Embora a tecnologia possa ser complicada para os compradores mais velhos se acostumarem, a maioria dos jovens compradores no mercado imobiliário já está familiarizada com a realização de negócios online, o que significa que as propriedades equipadas com tours virtuais estarão mais bem posicionadas entre esse grupo demográfico. Aliás, a tecnologia de realidade virtual oferece um alcance muito maior para os profissionais de marketing. 

Essas vantagens juntas devem culminar em economia financeira. Qualquer investidor no ramo imobiliário pode se beneficiar da incorporação da realidade virtual porque a tecnologia ajuda a encontrar e manter os inquilinos. A tecnologia também apoia os incorporadores imobiliários durante o estágio de desenvolvimento.

Prós e contras da realidade virtual no mercado imobiliário 

A primeira vantagem do uso da realidade virtual é permitir que os profissionais do setor imobiliário visualizem ou entendam com precisão um projeto, mesmo antes de sua construção começar. A tecnologia permite que os corretores mostrem espaços com movimentos planejados ou contemplados. Em segundo lugar, a tecnologia de realidade virtual economiza tempo. Usando passeios virtuais e encenações virtuais, a pesquisa e revisão de uma propriedade podem ser feitas de forma muito mais rápida. 

Compradores e locatários não precisarão mais se deslocar até o local físico de uma propriedade para ter uma ideia da propriedade. Terceiro, a tecnologia de RV reduz o dispendioso trabalho de marketing de projeto. Combinando essas coisas, VR tem um grande potencial para resultar em economias significativas para proprietários e outros investidores imobiliários. 

Durante o estágio de desenvolvimento, a tecnologia de realidade virtual também pode aumentar a eficiência operacional, simular o treinamento para trabalhos no local e aumentar a precisão e exatidão dos trabalhadores da construção, pois eles podem ver constantemente uma imagem visual do plano final do projeto. Apesar desses aspectos positivos, a adoção generalizada ainda fica para trás devido às complicações em compreender a complexidade da tecnologia. 

Embora um fone de ouvido de RV ofereça a experiência mais realista, a tecnologia não conseguiu atrair o interesse generalizado. Além disso, as pessoas podem não querer compartilhar acessórios para a cabeça por causa do medo de contaminação. Por esses motivos, a realidade aumentada, como mostrar virtualmente uma propriedade por meio de um iPad, poderia atrair mais interesse. Além disso, as organizações imobiliárias comerciais também teriam que considerar informações potenciais e riscos de privacidade no que se refere ao roubo de propriedade intelectual, como planos de desenvolvimento. 

Em outras palavras, o principal problema para as tecnologias de RV e AR é que as empresas imobiliárias deveriam estar preparadas para compartilhar com seu criador de RV todos os dados e informações necessários para construir virtualmente o projeto. Isso vem com questões de privacidade de dados. 

Uso futuro da realidade virtual no setor imobiliário

Junto com seus benefícios de economia de custos, a realidade virtual está revolucionando o mercado imobiliário para sua conveniência. Usando a tecnologia VR e AR, os compradores em potencial podem experimentar uma área sem ter que se deslocar até a propriedade e percorrer o espaço com corretores imobiliários. 

Os profissionais do setor imobiliário também podem comercializar propriedades em uma escala muito mais ampla, ao mesmo tempo que permitem aos compradores em potencial uma experiência imersiva com a propriedade. Isso é especialmente útil para imóveis residenciais, pois a conveniência de oferecer passeios virtuais encurtará muito o tempo para os possíveis inquilinos tomarem uma decisão sobre o aluguel. 

Além de apoiar o estágio de pré-aluguel, a tecnologia de realidade virtual também beneficia os trabalhadores durante o estágio de desenvolvimento. Como mencionado acima, a tecnologia de RV pode aumentar a eficiência operacional, simular o treinamento para trabalhos no local e aumentar a precisão dos trabalhadores da construção por meio de uma imagem visual constante do plano final do projeto. O principal ponto fraco da tecnologia de RV é a conscientização. O interesse não se espalhou em um nível de massa devido às dificuldades de acesso aos fones de ouvido VR. 

Por isso, a realidade aumentada, que usa um dispositivo como um iPad para mostrar as representações de um espaço, é uma das favoritas para mudar o setor imobiliário . À medida que a tecnologia de RV continua a se tornar mais econômica e os programas mais fáceis de usar, espere uma maior adoção por toda a comunidade imobiliária. Até então, a tecnologia AR é uma das favoritas em particular para despertar o interesse entre os agentes imobiliários.

Gostou destas informações sobre as vantagens da realidade virtual para o setor imobiliário? Compartilhe este post!

Increva-se em nossa Newsletter

Receba nossas noticias preenchendo o formulário abaixo

Posts Relacionados

Sem categoria

Como construir uma identidade visual de sucesso

A forma mais adequada para garantir um trabalho de qualidade na hora de desenvolver a identidade visual de uma marca, é contar com uma agência especializada.

Inscreva-se em nossa newsletter

E receba por e-mail novos conteúdos sobre Marketing Digital, Tecnologia, Empreendedorismo e muito mais