Receba Nossa Newsletter
de Conteúdos

Buscar

Diferenças entre marketing de conteúdo e inbound marketing

Dashboard inbound marketing e marketing de conteúdo
Se você não sabe a diferença entre Inbound Marketing, Marketing de Conteúdo e como essas estratégias podem ser aplicadas juntas para garantir bons resultados ao seu negócio, então esse artigo é para você

Compartilhe este Post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Se você não sabe a diferença entre Inbound Marketing, Marketing de Conteúdo e como essas estratégias podem ser aplicadas juntas para garantir bons resultados ao seu negócio, então esse artigo é para você.

Diferente do que muitos pensam, o inbound marketing e o marketing de conteúdo não são opostos, mas sim, complementam um ao outro.

Quer saber mais? Então continue a leitura.

O que é Inbound Marketing?

Afinal, o que é Inbound Marketing? De forma simplificada, Inbound Marketing é um conjunto de estratégias, que visa atrair e converter clientes através de conteúdos relevantes.

O Inbound Marketing serve para que o cliente encontre de forma voluntária seu negócio através dos mecanismos de buscas, fazendo com que as empresas se destaquem na internet.

Vamos pensar da seguinte maneira, hoje em dia quando queremos comprar um carro, por exemplo, fazemos buscas na internet para saber os melhores preços, o que esse veículo possui de vantagens e desvantagens, quais seus diferenciais, entre muitas outras informações. Após realizar buscas e mais buscas pela internet, é que decidimos ir até uma concessionária para que de fato possamos efetuar a compra.

Dei o exemplo do carro, mas serve para qualquer coisa que sentimentos vontade de comprar ou para serviços que queremos contratar. Antes de qualquer ação, sempre optamos por buscar na internet para ver se de fato a compra valerá a pena. Por isso a estratégia de Inbound Marketing é tão valiosa nos dias atuais.

Para entender um pouco melhor, é preciso explicar as cinco etapas que compõem essa estratégia até a tomada de decisão de compra. Veja abaixo.

1 – Atrair

Como o próprio nome já diz, é usado para atrair visitantes para seu site, blog, redes sociais, entre outros.

2 – Converter

Depois da etapa de atração, chegou a hora de converter esses visitantes em leads e, para que isso aconteça, algumas estratégias usadas são: e-mail marketing, banners, automação de marketing, Landing Pages, formulários, etc.

3 – Relacionar

Após ter atraído e convertido os visitantes em leads, chegou a hora de se relacionar, afinal, manter um bom relacionamento com seus consumidores é primordial para que os mesmos fiquem satisfeitos e não tenham aquela sensação de ser apenas mais uma pessoa a adquirir seu produto ou serviço.

4 – Vender

Quando você consegue fazer seu lead caminhar por todo o funil de vendas, realizar a venda se torna mais fácil.

5 – Analisar

Um dos principais benefícios de trabalhar por meio digital é poder analisar com exatidão todo o desempenho ao longo do processo, podendo fazer melhorias no que não trouxe tantos resultados e podendo maximizar as ações que fizeram surgir efeito.

O que é Marketing de Conteúdo?

O marketing de conteúdo, como o próprio nome sugere, é a produção de conteúdos que tem como intuito informar, educar e entreter um potencial cliente para seu negócio, como e-books, blogposts, publicações nas redes sociais e vídeos, por exemplo.

Quando um usuário busca por soluções que estão relacionadas ao seu tipo de negócio, tendem a encontrar sua empresa através do conteúdo que você produz.

Quando a estratégia é aplicada de forma certa em seus respectivos canais, se torna extremamente eficaz. Veja abaixo as ferramentas que fazem essa estratégia acontecer.

Blog

No blog você pode produzir textos e utilizar imagens, vídeos e áudios, por exemplo, que ajudam a agregar ainda mais valor ao seu conteúdo. Ter um blog é muito importante para que seu negócio tenha mais visibilidade online e, assim, conquistar novos clientes.

E-mail marketing

O e-mail marketing é uma ferramenta utilizada através do correio eletrônico que proporciona comunicação entre a empresa e o cliente. É uma das ferramentas mais eficientes e relativamente baratas para distribuir conteúdo, já que os resultados conseguem ser facilmente mensurados 

Vídeo

O uso de vídeo para a divulgação também é muito eficiente, já que o formato dinâmico chama mais atenção dos usuários.

Outra diferença entre o Inbound Marketing e marketing de conteúdo, é que o marketing de conteúdo consiste em três etapas do funil que são:

1 – Topo

O topo do funil é focado na produção de conteúdo que visa mostrar ao seu possível cliente que ele possui dores que precisam ser solucionadas. O objetivo desses conteúdos é atrair a atenção do usuário para que ele retorne com frequência.

2 – Meio

Essa fase é quando o usuário reconhece seu problema e está em busca de soluções e, é aí que ele deixa de se tornar apenas um visitante para se tornar um lead, passando informações pessoais como email, nome e telefone, por exemplo, para que você possa solucionar a dor do cliente através de sua empresa.

Para que esse usuário passe as informações que você precisa, pode ser oferecido e-books, que contenham conteúdo de qualidade e solucionem parte do problema deste usuário.

3 – Fundo

Nessa etapa, o lead procurará saber mais sobre seu negócio e, assim, realizar a compra dos seus produtos ou serviços.

Utilizando marketing de conteúdo no inbound marketing 

Apesar do Inbound Marketing ser muito eficaz, não é tão simples de ser aplicado, por isso, é fundamental que quem esteja envolvido na campanha, saiba elaborá-la de forma correta e com relevância.

É como se o Inbound Marketing fosse responsável por preparar o contexto e assim, serem usados os materiais desenvolvidos pelo Marketing de conteúdo. Durante o planejamento, é aconselhável fazer o mapeamento das duas estratégias e, então, desenvolver as estratégias no melhor formato.

Os artigos dos blogs devem ser informativos e com conteúdo que possua fácil entendimento para o leitor, já as postagens nas redes sociais, devem ser atrativas e dinâmicas, para que possam chamar a atenção e para que os usuários sintam vontade de consumir o conteúdo. Pensando nisso, também é muito importante realizar a aplicação de técnicas de SEO, pois é uma parte fundamental para otimização de textos, que ajudam nos mecanismos de busca.

Como dito acima, esses formatos fazem com que o usuário seja atraído para Landing Pages, onde fornecerão informações para conseguirem o que desejam. 

Mas, ao adotar a estratégia de produção de conteúdo em ações de marketing, algumas empresas entram em conflito e não sabem por onde começar, que tipo de conteúdo devem produzir ou com que frequência devem ser produzidos e publicados.

O ideal é que contrate uma agência ou um profissional que tenha propriedade no assunto, para que consiga alcançar os resultados desejados e evitar possíveis falhas.

Como podemos ver, Inbound Marketing e Marketing de Conteúdo estão diretamente ligados, um complementa o outro. Aplicando as duas estratégias de forma correta, sua empresa terá ótimos resultados.

Increva-se em nossa Newsletter

Receba nossas noticias preenchendo o formulário abaixo

Posts Relacionados

Dashboard inbound marketing e marketing de conteúdo
Empreendedorismo

Diferenças entre marketing de conteúdo e inbound marketing

Se você não sabe a diferença entre Inbound Marketing, Marketing de Conteúdo e como essas estratégias podem ser aplicadas juntas para garantir bons resultados ao seu negócio, então esse artigo é para você

Inscreva-se em nossa newsletter

E receba por e-mail novos conteúdos sobre Marketing Digital, Tecnologia, Empreendedorismo e muito mais