Receba Nossa Newsletter
de Conteúdos

Buscar

Core Web Vitals: entenda a atualização de SEO do Google e saiba como se adequar

tecnicas de SEO
Conhecer mais sobre o core web vitals contribui positivamente com métricas que visam melhorar as experiências dos usuários, considerando as últimas atualizações do Google.

Compartilhe este Post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

O uso de estratégias de marketing e SEO (Search Engine Optimization) é algo que tem se tornado comum para as empresas que desejam alcançar suas metas, evoluir o negócio e se posicionar no ambiente digital. Nesta jornada, conhecer mais sobre o core web vitals contribui positivamente com métricas que visam melhorar as experiências dos usuários, considerando as últimas atualizações do Google.

O que é Core Web Vitals?

O termo core web vitals consiste em um conjunto de sinais fundamentais para proporcionar uma boa experiência do usuário, sendo a ferramenta desenvolvida pelo Google para que seus algoritmos avaliem a qualidade e a usabilidade das páginas.

O principal objetivo dessa técnica é melhorar a velocidade de carregamento das páginas, um detalhe que pode parecer simples, mas que faz muita diferença na experiência dos usuários com relação aos sites, entregando resultados cada vez mais qualificados.

Um fator interessante do core web vitals é a possibilidade de ser combinado com outras métricas de experiência que são usadas pelo Google, melhorando as estratégias e ações de Marketing do seu negócio, bem como possibilitando o ranqueamento de páginas mais adequadas às expectativas dos usuários.

Benefícios do Core Web Vitals

Os investimentos neste método é uma ótima maneira de melhorar a usabilidade das páginas e proporciona outros ganhos, como:

  • Melhorar os resultados de SEO no site;
  • Otimizar a experiência dos usuários;
  • Contribuir com as taxas de conversão;
  • Ajudar na produção de conteúdo;
  • Reduzir a taxa de rejeição;
  • Aumentar o tempo de permanência dos usuários nas páginas.

A importância do Core Web Vitals no seu negócio

Se o seu objetivo é ter um site nas primeiras posições nos resultados de busca, é importante ter atenção especial ao core web vitals, nova atualização de algoritmos.

Isso porque esse método possui indicadores que geram impacto direto na classificação dos sites e nos resultados de pesquisa.

Sendo assim, entender as métricas de core web vitals e como elas funcionam é a forma de fazer com que a otimização ocorra de maneira qualificada, obtendo excelentes resultados no posicionamento – que passa a ser aperfeiçoado.

Indicadores que estão envolvidos no Core Web Vitals

O core web vitals possui 3 indicadores principais que fazem parte de uma iniciativa do Google para melhorar seus resultados e ajudar os empreendedores a identificarem oportunidades de melhorias nos sites, promovendo uma melhor experiência aos usuários. São elas:

  1. FID (First Input Delay)

Essa métrica mede o tempo de resposta do navegador após as interações dos usuários. 

Basicamente, o FID analisa o tempo que cada pessoa demora para ter uma resposta da página, após executar um comando no site, como clicar em um menu e ser direcionado a essa página.

Um valor ideal para o FID é abaixo de 100 milissegundos. Para auxiliar nesse processo, usar ferramentas como o web worker, por exemplo, melhora o código das páginas e o tempo de resposta do JavaScript.

Unir a técnica do FID aos métodos de Marketing de Conteúdo pode ser uma excelente solução para melhorar o tráfego do site. 

Afinal, o desenvolvimento de conteúdos interessantes são formas de gerar interesse no público e uma rede de linkagens pode ser desenvolvida para levar o internauta a outras páginas do site, melhorando a relevância do site na web, principalmente quando esse carregamento é ágil.

  1. CLS (Cumulative Layout Shift)

A CLS mede a estabilidade visual das páginas e o seu principal objetivo é quantificar a frequência com que os usuários percebem as mudanças no formato da página.

Um valor interessante para o CLS é ser menor que 0,1, pois quanto mais baixa, melhor será a navegação no site.

As mudanças de posicionamento nas páginas podem acontecer por conta de fatores como as fontes renderizadas que modificam de tamanho, imagens sem dimensões definidas ou por conta de anúncios que são carregados de modo dinâmico.

Para resolver esses problemas, os empreendedores podem investir em:

  • Utilizar API para o carregamento de fontes;
  • Reservar alguns espaços na tela para conteúdos dinâmicos;
  • Usar ferramentas corretas para a criação de anúncios, por exemplo, o Twitter Ads;
  • Incluir vídeos e imagens com tamanhos e locais pré-definidos.

Com esses exemplos de soluções, o CLS das páginas se eleva, tornando-o positivo e proporcionando a melhor experiência aos usuários.

  1. LCP (Largest Contentful Paint)

O LCP mede a velocidade de carregamento do conteúdo que fica a maior parte do tempo visível no site, ou seja, o tempo que demora para o elemento principal do site aparecer para os usuários.

Para buscadores de pesquisa como o Google, um bom LCP demora entre 2,5 segundos ou menos. 

Caso o carregamento demore até 4 segundos, ele é considerado razoável, mas já pode prejudicar a experiência com a página, podendo perder o interesse do internauta.

Já as páginas que demoram muito para fazer o carregamento passam a ter um alto índice de abandono, perdendo potenciais clientes e levando a menor exibição do Google por conta da rejeição.

Essa demora pode ter relação com o baixo tempo de resposta do servidor, bloqueio na renderização ou outros fatores, demandando atenção e rápido ajuste.

Usar CDN (Content Delivery Network), otimização do servidor e ativação do cache são soluções que podem tornar o carregamento do site mais rápido.

Portanto, incorporar as técnicas de core web vitals no seu negócio são formas de conquistar excelentes resultados com o seu site, melhorando o desempenho das páginas, além da possibilidade de unir as métricas do core web vitals com as estratégias de Inbound Marketing, algo que ajuda a aumentar as oportunidades de sucesso e melhorar o ranqueamento, o que amplia ainda mais o alcance frente ao mercado consumidor. 

Increva-se em nossa Newsletter

Receba nossas noticias preenchendo o formulário abaixo

Posts Relacionados

Inscreva-se em nossa newsletter

E receba por e-mail novos conteúdos sobre Marketing Digital, Tecnologia, Empreendedorismo e muito mais